Sites Grátis no Comunidades.net Criar um Site Grátis Fantástico
Ultimas Atualizações
FAIXAS PRETAS-2018  (09-10-2018)
DIRETORIA GERAL  (09-10-2018)
8° BRASILEIRO 2018  (04-10-2018)
1° PAN AMERICANO 2017  (02-10-2018)

Rating: 3.0/5 (1115 votos)




ONLINE
1




 

ARTES MARCIAIS

      FIKAM


JIU JITSU
JIU JITSU

 

 Departamento de Jiu Jitsu

FICHA DE FILIAÇÃO


Mestre Célio Caneca                                                                         Mestre José Aristeu
Presidente do Conselho Tecnico                                                                   Diretor Tecnico
Faixa Vermelha e Branca 8° Grau                                                          Faixa preta 6° Grau

 

                      

 

HISTORIA

Antes de começar com a história sobre o jiu jitsu , é necessário saber o significado de Ju jutsu e de Jiu jitsu , ironicamente é bem simples porque a romanização mais correta para os Kanji(palavras em japonês) Japonêses é " JUJUTSU", onde JU (suave) e JUTSU (arte ou técnica). A pronúncia em japonês de JuJutsu soa como " Djiu Djitsu", o que faz com que ocorra uma romanização incorreta da palavra, então as formas Jiu Jitsu (Verdade Livre) e "Ju Jitsu" (Verde Suave).

Origens do JIU jITSU

Jiu-jitsu (ou no japonês: ?? arte suave)é uma arte marcial criada na índia pelos monges budistas , que procuravam um meio para utilizarem como autodefesa sem , usarem armas ou a força bruta .o jiu jitsu foi criado com base no desequilíbrio , do oponente utilizando também torções , estrangulamentos e meios de dominar o oponente . Com a expansão do budismo pelo oriente asiático o jiu jitsu foi difundido por , vários países como a china, e o japão, sendo que, neste último, se tornou muito popular.

Grande Mestre Jigoro Kano

Jigoro kano nascido em mikage(Japão) no 28 de outubro de 1860 3ª filho de Jirosaku Mareshiba Kano .Com 16 anos, decidiu fortificar o corpo, praticando ginástica, remo e basebol. Mas esses esportes eram muito violentos para uma pessoa com um físico tão fraco. Além disso, nas brigas entre estudantes, ele era sempre vencido facilmente. Com seu orgulho ferido decidiu estudar o ju jutsu. Começou a praticar em 1877 matriculou-se na Tenjin Shin'y?-ry?, sendo discípulo do mestre Hachinosuke Fukuda ,Jigoro kano teve ao todo quatro professores de Ju Jutsu contando com o mestre Fukuda , alguns desses professores morreram enquanto Jigoro Kano ainda treinava com eles, assim obrigando a Jigoro Kano a procurar outros professores e novas escolas para que pudesse continuar seus treinamentos , e seu aperfeiçoamento. Quando seu 2ª mestre morreu Jigoro Kano herdou seus arquivos e documentos , com o seu 4ª mestre , mestre Tsunetoshi Iikubo ele aprendeu técnica da escola kit?-ry?.Até então ele só praticava lutas corpo a corpo , sempre usando roupas normais, a escola de kit? ensinou-lhe o combate com armadura. Com o passar do tempo jirogo kano aprimorou ,todas as técnicas aprendidas , fazendo assim uma síntese e com isso criando sua própria disciplina

Kodokan

Em fevereiro de1882, Jigoro Kano inaugura sua 1 escola denominadaKodokan(Instituto do Caminho da Fraternidade). A Kodokan estava localizada no segundo andar de um templo budista Eishoji de Kita Inaritcho, bairro de Shimoya em Tóquio.(Ele teve problemas financeiros para manter , a escolar mas com a chegada de seus primeiros alunos , a situação foi resolvida)

 

Conquistas do Grande Mestre

jigoro kano foi responsavél pela criação do , judô que teve sua criação das bases do jujutsu aprimorado , e também criou o goshin-jutsu(defesa pessoal).

  

 A partida do mestre Jigoro kano

Jigoro Kano morreu em 04/05/1938 a bordo do transatlântico "Hikawa Maru", quando voltava do Cairo(morte por problemas pulmonares), onde havia presidido a assembléia geral do comitê internacional dos jogos olímpicos.Mais antes de sua morte nos deixou vários manuscritos.

A importância do Século XIX

A partir do final do século XIX, alguns mestres de jiu-jitsu migraram do Japão para outros Continentes, vivendo do ensino da arte marcial e das lutas que realizavam.(Assim também estavam difundido a arte através do mundo).

Esai Maeda Koma (Conde Koma)

Mitsuyo Maeda nasceu em 18/11/1878 em uma pequena cidade chamada Aomori, localizada ao norte da ilha japonesa de Honshu , no dia 25/12/1898 foi a kodokan

  

 Esai Maeda Koma, conhecido como Conde Koma, foi um deles. Depois de viajar com sua trupe lutando em vários países da Europa e das Américas, chegou ao Brasil em 1915 e se fixou em Belém do Pará, no ano seguinte, onde conheceu Gastão Gracie. Pai de oito filhos, cinco homens e três mulheres, Gastão tornou-se um entusiasta do jiu-jitsu e levou o mais velho, Carlos, para aprender a luta com o japonês.

Franzino por natureza, aos 15 anos, Carlos Gracie encontrou no jiu-jitsu um meio de realização pessoal. Aos 19, se transferiu para o Rio de Janeiro com a família e adotou a profissão de lutador e professor dessa arte marcial. Viajou para Belo Horizonte e depois para São Paulo, ministrando aulas e vencendo adversários bem mais fortes fisicamente. Em 1925, voltou ao Rio e abriu a primeira Academia Gracie de Jiu-Jitsu. Convidou seus irmãos Oswaldo e Gastão para assessorá-lo e assumiu a criação dos menores George, com 14 anos, e Hélio,com 12.

Desde então, Carlos passou a transmitir seus conhecimentos aos irmãos, adequando e aperfeiçoando a técnica à compleição física franzina característica de sua família.

Também transmitiu-lhes sua filosofia de vida e conceitos de alimentação natural, sendo um pioneiro na criação de uma dieta especial para atletas, a Dieta Gracie, transformando o jiu-jitsu em sinônimo de saúde.

De posse de uma eficiente técnica de defesa pessoal, Carlos Gracie viu no jiu-jitsu um meio para se tornar um homem mais tolerante, respeitoso e autoconfiante. Imbuído de provar a superioridade do jiu-jitsu e formar uma tradição familiar, Carlos Gracie lançou desafios aos grandes lutadores da época e passou a gerenciar a carreira dos irmãos.

JuJitsu . Quem lhe ensinou os primeiros passos foi o professor Teinosuke Yagi

Enfrentando adversários 20, 30 quilos mais pesados, os Gracie logo adquiriram fama e notoriedade nacional. Atraídos pelo novo mercado que se abriu em torno do jiu-jitsu, muitos japoneses vieram para o Rio, porém, nenhum deles formou uma escola tão sólida quanto a da Academia Gracie, pois o jiu-jitsu que praticavam privilegiava as quedas e o dos Gracie, o aprimoramento da luta no chão e os golpes de finalização.

Ao modificar as regras internacionais do jiu-jitsu japonês nas lutas que ele e os irmãos realizavam, Carlos Gracie iniciou o primeiro caso de mudança de nacionalidade de uma luta, ou esporte, na história esportiva mundial. Anos depois, a arte marcial japonesa passou a ser denominada de jiu-jitsu brasileiro, sendo exportada para o mundo todo, inclusive para o Japão.

A incrível trajetória de Conde Koma, o homem que trouxe o Jiu-Jitsu para o Brasil

“A postura desafiadora de Mitsuyo Maeda conflitava com os princípios da Kodokan, por isso ao ganhar notoriedade passou a classificar sua arte puramente como Jiu-Jitsu”

“Estima-se que Conde Koma tenha feito entre mil e duas mil lutas, enfrentando wrestlers, pugilistas e praticantes de outras lutas, sem perder um único combate”

Muita gente sabe que foi o paulista Charles Miller quem trouxe o futebol para o Brasil. Só não se consegue achar em nenhuma enciclopédia esportiva registro oficial ou relato de testemunhas que comprovem que Miller era um exímio praticante do esporte bretão. 

O mesmo não se pode dizer daquele que trouxe o Jiu-Jitsu para as terras brasileiras. Conhecido por essas bandas pelo nome de Conde Koma, Mitsuyo Maeda beirava a perfeição quando o assunto era derrotar os outros em uma luta. Antes de desembarcar em terras tupiniquins em 1914, portanto há 90 anos, Maeda percorreu o mundo provando que sua arte era superior às demais. Uma história de vida única e fascinante, que merece ser contada em detalhe nas linhas que se seguem.

A despedida ao grande mestre

No dia 04/05/1938 jigoro kano voltando de um viagem a bordo do transatlântico "Hikawa Maru", quando voltava do Cairo, onde havia presidido a assembleia geral do comitê internacional dos jogos olímpicos. Teve problemas pulmonares e por essa causa , faleceu , mas ao morrer deixou vários documentos importantes.

Mitsuyo Maeda (Conde Koma)

Nascido no dia 18/11/1878 na cidade de Hirosaki,Aomori(Japão), Na sua infância possuía o apelido de menino sumô , por causa de seu fascínio pela luta que na época era muito popular e que foi ensinado pelo seu pai.

Na sua adolescência foi estudar em Tokyo Specialist School , e na mesma época que estudava foi frequentar o Kodokan a famosa academia de judo do mestre jigoro kano(detalhe em kodokan eram realizados lutas de judô todos os meses ) . Na sua primeira aula Maeda com a faixa branca amarada na cintura , derrotou seis oponentes com toda facilidade do mundo , em seguida recebeu a faixa roxa , no mesmo dia continuo vencendo todos os oponentes que apareciam pela sua frente venceu mais 15 oponentes e recebeu a faixa preta com 1ª(Antes de Mitsuyo Maeda ir ao kodokan treinou , direto por meses pois não gostava de nada que não pode-se ser , bem sucedido)

Conde koma no exterior

Em 1904, Maeda foi aconselhado pelo seu mestre a viajar para os Estados Unidos , a fim de mostrar aos americanos as habilidades das artes marciais japonesas. Antes de partir, recebeu o quarto grau das mãos de seu mestre.

Mituyo Maeda deixou o Japão através do porto de Yokohama em novembro, indo em direção a São Francisco, na Califórnia.

Naquela momento , os norte-americanos já conheciam um pouco sobre judô, graças ao presidente, Theodore Roosevelt que era um grande fã do japão , possuindo até mesmo um instrutor particular de judô. Em busca de melhorar a defesa pessoal, alguns militares americanos também já aprendiam judô em suas bases. Assim , cabia a Maeda e seus companheiros lutarem contra os norte-americanos e provar a superioridade japonesa.

Na escola militar de West Point, Maeda enfrentou um jogador de futebol americano e praticante de wrestling. Depois de suas costas grudadas ao chão, Maeda continou lutando e venceu o combate com um arm lock . Os americanos não aceitaram o resultado e propuseram um novo desafio, desta vez contra o companheiro de Maeda, um experiente aluno do mesmo mestre de Maeda , chamado Tomita. Os americanos acreditavam que enfrentar Tomita seria uma honra maior por se tratar de um lutador (tomita só era um bom professor e não um bom lutador ).

Tomita foi facilmente derrotado de tal forma que foi tão humilhante que Maeda, rompeu com Tomita e decidiu seguir viagem sozinho.

O caminho trilhado por Maeda

Sua única escolha era ir para nova york , onde participou de varias lutas de vale tudo para ganhar dinheiro mesmo lutando muitas vezes com oponentes maiores que ele , ele sempre vencia , era chamado de “ menino açougueiro ”

Depois de Três lutas e três vitórias , uma delas diante do então campeão mundial dos pesos pesados de boxe, Jack Johnson. Maeda sai dos estados unidos atrás de novas lutas.

Lutas em vários países como Reino Unido ,Bélgica ,América ,Cuba , assim foi sua jornada.

Suas atitudes desafiadoras eram contra os princípios da Kodokan, e ao ganhar Fama passou a classificar sua arte como Jiu-Jitsu e não mais como Judô.

Conde koma no brasil

Em 1914 Mitsuyo Maeda veio para o Brasil, para ser mais especifico Santos. Não ficou pouco tempo na cidade , se fixou em Belém.

No início dos anos 20, Se envolveu na tentativa do império japonês de colonizar a Região Norte do Brasil,que foi um imenso fracasso , Acuado foi ajudado por Gastão Gracie(Um homem que possuía muito poder na politica local.), cuja família havia imigrado da Escócia. Os dois virarão amigos e um certo dia Gastão fez uma oferta a Maeda:que era ensinar Jiu-Jitsu a seu filho Carlos .Maeda aceitou a oferta, É estimado que carlos treinou com maeda entre 2 a 4 anos. Conde Koma morreu no dia 28 de novembro de 1941, aos 63 anos.

O inicio da Fama dos Gracies

Com 17 anos Carlos ensinou o que havia aprendido com Conde Koma a seus irmãos: Osvaldo, Gastão e Jorge. Ensinou a todos menos a seu irmão Hélio pois, ele sofria de problemas médicos e isso o impedia de praticar o jiu jitsu .

Mesmo não podendo praticar sempre assistia as aulas , que seu irmão Carlos dava aos outros passou dos seus 13 a 16 anos observando.O que o seu irmão ensinava"Se você quer um braço quebrado contate Carlos Gracie neste número”

Esse foi o logo de Carlos ,Que ele colocou num jornal do rio para poder desafiar os outros lutadores nessa época era sem regra e valendo dinheiro para quem vence se a família Gracie.

O nascimento do jiu jitsu brasileiro Hélio Gracie

Hélio Gracie (1/10/1913 ), sempre observando tudo o que seu irmão ensinava, aprendeu os golpes e as técnicas, mas, ainda assim, o esporte demandava muita força. O jeito, então, foi modificar a arte e acrescentar mais alavancas no solo e utilizar melhor a força do oponente e seu peso.

 

 

A oportunidade

Com 16 anos de idade, se ofereceu para dar uma aula a um gerente de um banco que havia marcado com seu irmão Carlos, o qual ficou impossibilitado de ministrar a aula marcada por conta de um imprevisto.

Ao final da aula, Carlos perguntou ao aluno o que havia achado e este pediu que Hélio passasse a ministrar suas aulas a partir de então, pedido este que Carlos atendeu prontamente.

Hélio Gracie lutou contra judocas, boxeadores, karatecas, capoeristas e muitos outros praticantes de artes marciais

Conflito com o Japão

Hélio Gracie ficou famoso por suas lutas e por seus desafios .Sua fama foi tão longe ao ponto de causa incomodo aos japonês .

Os japoneses começaram a demonstrar preocupação com a invencibilidade de Hélio.Por causa de seu grande sucesso numa arte marcial do Japão, e começaram a enviar seus melhores lutadores , para enfrentar Hélio Gracie, que enfrentou vários oponentes japoneses e continuava invicto. Para derrubar de vez a invencibilidade de Hélio ,Foram enviados do Japão os dois maiores lutadores o campeão mundial, Kimura, e o vice, Kato. Mesmo tendo duas costelas fraturadas em um treino, Hélio Gracie enfrentou Katô em um rinque no gramado do Maracanã e a luta terminou empatada. Na revanche em São Paulo, a vitória de Hélio, em seis minutos, deixou surpresa a colônia japonesa.

Kimura o oponente a altura

Kimura, era 10 anos mais novo e 40 quilos mais pesado, A luta de Hélio contra Kimura foi um espetáculo jamais visto . A luta durou 18 minutos ,Hélio só foi vencido quando seu irmão, Carlos, jogou a toalha, temendo que Hélio se fratura-se sério.

Luta mais longa de todas

A última luta de Hélio Gracie foi a mais longa da história do jiu-jitsu: depois de 3 horas e 45 minutos sem interrupção, contra Waldemar santana seu ex-aluno, Waldemar venceu por causa da imensa diferença de força entre ele e seu antigo mestre .Depois houve uma revanche que foi assumido por Carlson Gracie o final da luta foi uma vitoria esmagadora e muito dramática de Carlson Gracie

Helio Gracie VS Os tubarões

Durante uma viagem para Fortaleza, com seu irmão Carlos, um homem jogou-se no mar, em uma região infestada de tubarões, perto de Abrolhos, na costa baiana . Um pequeno bote, com seis tripulantes, desceu para tentar salvar o suicida, mas tinha ordens de voltar caso não conseguissem. Enfrentando grandes ondas, puxavam o homem pelos cabelos sem conseguir trazê-lo para o barco. Hélio Gracie resolveu mergulhar. Nadou rápido quanto o barquinho já voltava, Sobre os gritos dos marinheiros apavorados com a presença dos tubarões, colocou o homem a salvo empurrando-o para cima do barco, liderou os marujos que não coseguiam vencer as ondas com seus remos, e ao voltar recebeu medalha de ouro e diploma de Honra ao Mérito.

A morte do nosso Herói querido

Hélio Gracie morreu numa quinta feira com 95 anos no dia 29/01/2009 de pneumunia.